Soja produzida 100% em áreas de cerrado derruba o mito do desflorestamento no Amapá

Estudos de campo do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá – RURAP, realizados no primeiro trimestre deste ano, buscam diagnóstico para o levantamento de informações estratégicas à produção de soja no estado.  

Os estudos contêm o mapeamento completo de todas as áreas em produção, localizados nos municípios de Macapá, com 43% das áreas em produção, seguida por Tartarugalzinho com 32%, Itaubal com 21%, Ferreira Gomes com 2% e Porto Grande com 2%.

As 29 unidades produtivas visitadas e cadastradas pelo RURAP estão em sua totalidade localizadas no bioma cerrado, distribuídas entre os cinco municípios produtores do grão, respeitando as florestas e, ainda, mantendo a média de 37% da vegetação nativa dentro das propriedades rurais.

Juan Monteiro

Jornalista

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO: