Amapá e Pará unem-se pelo controle sanitário animal e o combate ao furto de gado

Autoridades debatem estratégias de enfrentamento ao roubo de gado na região | Foto: Cleber Barbosa

O auditório da Secretaria do Planejamento ficou lotado para abrigar um debate promovido pelo Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), num encontro entre diversos órgãos públicos dos Estados do Amapá e Pará. O objetivo era debater e montar estratégias para combater furtos de gado e aumentar o controle sanitário animal nas regiões costeiras do Amapá e da Ilha do Marajó. Pela Casa do Agro, o representante foi o pecuarista Jesus Pontes, da Acriap (Associação dos Criadores do Amapá).

Participaram do encontro representantes das Agências de Defesa Agropecuária do Amapá (Diagro) e Pará (Adepará), Ministérios Públicos, Segurança Pública, Federações de Agricultura, Associações de Criadores e Pecuaristas de ambos os Estados, entre outros, como o desembargador amapaense Gilberto Pinheiro, representando o judiciário local, além do presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Amapá (Faeap), Iraçu Colares.

Durante o encontro também foiassinado um termo de cooperação técnica entre Diagro e Adepará, voltado ao controle sanitário de animais e vegetais, especificamente com foco para combate a mosca da carambola.

Falando á reportagem, o presidente da Acriap disse ter ficado satisfeito com toda a mobilização alcançada e o bom nível dos debates. “Existe uma estratégia de enfrentamento ao crime organizado que é o compartilhamento de informações, sejam de entes públicos em todas as esferas, seja da sociedade civil, então só isso já teria valido a pena a gente parar uma manhã como essa e debater estratégias para enfrentar o problema”, disse Jesus Pontes.

Aspecto da reunião no auditório da Seplan, em Macapá.

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO: