Chuvas iniciam mais cedo este ano, alerta serviço de meteorologia do Amapá

A estação das chuvas é sempre muito aguardada pelos produtores rurais e pecuaristas. | Foto: Soja Brasil

Cleber Barbosa, da Redação.

 

Na Amazônia praticamente só existem duas estações do ano: a do verão e a do inverno. É que na região os produtores rurais contam esses períodos como sendo o de sol e o de chuva. Mas para este fim de ano a meteorologia avisa que a estação das chuvas chegará mais cedo – e nem vai esperar dezembro.

Segundo o meteorologista Jefferson Vilhena, do Centro de Hidrometeorologia do IEPA [Instituto de Estudos e Pesquisas Tecnológicas do Amapá] este ano o verão não foi dos mais quentes, registrando médias de até dois graus abaixo do que a média dos últimos quatro anos. “Não tivemos este ano a influência de fenômenos como o El Niño ou o La Niña, então a gente está voltando à nossa normalidade, que é o início das chuvas cair para o final de novembro”, disse ele.

Mas ele diz que não serão chuvas pesadas, típicas do nosso período invernal, mas sim poucas chuvas, chamadas tecnicamente de “pancadas de chuvas”, que podem ocorrer tanto em áreas localizadas como em áreas mais espaçadas. “Como já está ocorrendo em Oiapoque, Calçoene, Laranjal do Jari e Serra do Navio, cidades do interior que já começaram a registrar chuvas mais intensas”, disse o especialista.

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO: