Dados parciais da TecnoAgro registram mais de R$ 3 milhões em negócios

Movimentação divulgada pela SDR, que fez balanço do leilão, financiamentos e rodadas de negócios

Por: Anne Santos | Fotos: Marcelo Loureiro

Mais de R$ 3 milhões em negócios foram contabilizados durante o Circuito TecnoAgro – 2ª ExpoBúfalo e 1 ExpoLeilão que ocorreu durante quatro dias no Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá. Os dados são parciais e foram divulgados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) organizadora-geral da feira. As atividades de incentivo ao setor produtivo encerraram neste sábado, 29, com oficinas e a final do rodeio.

Foram quatro dias de programação técnica com palestras, oficinas, rodadas de negócios e de leilão com animais amapaenses melhorados geneticamente. Somente no leilão, foi gerada uma receita de R$ 244 mil, superando as expectativas de R$ 4 mil por animal, chegando a R$ 6 mil. As instituições financeiras registraram em financiamentos R$ 1 milhão e meio e os produtores faturaram mais de R$ 2 milhões com negócios fechados no local.

Uma oportunidade para o produtor que necessita do espaço para expor, comercializar e comprar animais. “Percebemos a necessidade do setor produtivo e com este trabalho estamos criando oportunidades para o produtor. Foi além das nossas expectativas”, avaliou o gestor da SDR, Daniel Montagner.

O vice-governador Jaime Nunes acompanhou o encerramento da TecnoAgro e destacou o movimento do setor produtivo. “Uma feira diferente. Não foi uma feira de shows, mas sim, técnica e com bons resultados. Se gerou muito negócio, transferência de tecnologia e aproximou as pessoas mostrando que o governo quer incentivar o setor para gerar emprego e receita”, reafirmou.

Quem também comemorou os resultados da feira foi a empreendedora Marivone Pastana. Há três meses no mercado, ela expôs pela primeira vez em uma feira com o objetivo de apresentar a marca Aroma Tucuju, produtos artesanais feitos com matéria-prima amapaense e também conheceu o Selo Amapá. “A feira me deu duas oportunidades: a de apresentar e comercializar a minha marca e, de informação sobre o Selo Amapá. Falei com os técnicos da Agência Amapá e logo espero ter esta certificação nos meus produtos”, planeja Pastana.

Entretenimento

O vencedor do rodeio foi Werllinson Vingancinha, que, com muita concentração não deu chance para o touro e faturou R$ 2,5 mil de premiação.

O Circuito TecnoAgro encerrou com o tradicional rodeio que também atraiu a população para animar a disputa, que não foi fácil. Com diversão e brincadeiras do palhaço Paçoca, Tiago Silva, que trabalha como serviços gerais, aproveitou a folga para levar a família para assistir ao rodeio e olhar os animais em exposição. “Muito boa a feira. Moro aqui na Fazendinha e não temos muitas atividades deste porte por aqui. É uma alternativa de lazer para a gente”, considerou Silva.

Na final, 10 vaqueiros tentaram o título de campeão e o vencedor foi Werllinson Vingancinha, que, com muita concentração não deu chance para o touro e faturou R$ 2,5 mil de premiação. Os outros quatro colocados também foram premiados.

Circuito TecnoAgro

Vice-governador Jaime Nunes e secretário de Desenvolvimento Rural, Daniel Montagner, avaliaram o evento no último dia de feira

O Circuito TecnoAgro é um conjunto de feiras de negócios realizadas em todos os espaços disponíveis para a exposição do potencial agropecuário do Amapá. É voltado para pequenos, médios e grandes produtores, além de instituições financeiras e de insumos que atuam no setor agrícola e da pecuária, como forma de incentivar e contribuir para a expansão do setor produtivo por meio de ciência e tecnologia. Esta edição encerra o circuito de feiras e agrega a 2ª ExpoBúfalo e 1ª ExpoLeilão, atividades com foco comercial e de geração de renda.

 
DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO: