Empresa obtém bons resultados na cana-de-açúcar com mudas pré-brotadas

Agtech realiza o plantio de 1,5 mil hectares de MPB de cana-de-açúcar, com crescimento de 49% no ano

Flávia Romanelli, colaboradora

O plantio de cana-de-açúcar com mudas pré-brotadas (MPB) já uma realidade no setor sucroenergético brasileiro e embora gere ganhos como menor custo operacional, aceleração da introdução de novas variedades e maior sanidade e volume de mudas, trata-se de uma operação relativamente nova para usinas e fornecedores de cana. Isso porque, muito além de definir quais serão as áreas e as variedades que serão alocadas, o plantio de MPB exige estrutura especializada – mão-de-obra, maquinário, adubação e irrigação – e planejamento. A Agricef, startup de máquinas e implementos agrícolas, tem se tornado especialista nessa operação, tanto no desenvolvimento e comercialização das transplantadoras de MPB como na prestação de serviço de plantio. 

Na atual temporada, a empresa fez o plantio de cerca de 1,5 mil hectares e entre vendas de máquinas e prestação de serviços deve faturar neste ano, com este segmento, R$ 3,6 milhões, 49% a mais que no ano anterior, com clientes nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Goiás e Minas Gerais.

De acordo com o diretor de operações da Agricef, Efraim Albrecht, há várias modalidades de serviços prestados, que se encaixam nas necessidades de cada cliente. “Temos desde somente o aluguel dos equipamentos até o pacote completo, que inclui todo o planejamento da operação, a manutenção dos maquinários, um coordenador, o plantio e a irrigação das mudas”, explica.

Além da prestação do serviço, a Agricef tem em seu portfólio dois modelos de transplantadora para comercialização, a Compacta, que faz o plantio de uma linha e a Absoluta, que faz o plantio de até duas linhas, com espaçamento de 90 cm a 1,5 m, ambas com rendimento de até 3 hectares por turno. “Desde o início deste ano, quando começamos a vender esses equipamentos, já comercializamos 5 unidades”, relata Albrecht.

Em relação às vantagens do plantio mecanizado, em comparação com o manual, há o maior rendimento, menor compactação do sulco de plantio, a capacidade de se fazer toda a operação em só passada – faz o sulco, aplica fertilizantes e defensivos e coloca a muda, além da padronização da operação que deve observar a correta profundidade de plantio, a compactação do solo e a aplicação correta do volume de solo sob o colo da muda. “Quando se opta pelo plantio com mudas pré-brotadas, há a garantia de sanidade e pureza varietal do material utilizado. Se for utilizado o método da meiosi para a implantação desse canavial temos informações de clientes que chegam a economizar até R$ 2 mil por hectare plantado quando comparado com o custo do plantio convencional”, conta Henrique Pigatto Rodrigues, gerente de operações de campo da Agricef.

Tecnologia

Na Usina Atena, em Martinópolis (SP), a Agricef atuou na atual temporada com o fornecimento da plantadora e assistência técnica, com plantio total de 50 hectares de MPB. “Trabalhamos com a Agricef desde 2016 e temos observado o crescimento da empresa no desenvolvimento de máquinas de qualidade e a inteligência da empresa em relação ao modus operandi, melhoria contínua e a otimização de equipamentos agrícolas, melhorando a eficiência”, explica Pedro Freitas, supervisor agrícola da usina.

Entres os benefícios do serviço prestado, Freitas salienta que se o plantio fosse convencional, seria necessário sulcar e cobrir a área de plantio. “Com a plantadora conseguimos realizar as operações de plantio simultaneamente, com precisão e menor consumo de diárias”, finaliza.

Já a Usina Alta Mogiana, em São Joaquim da Barra (SP), comprou da Agricef a Compacta e fez o plantio de 120 hectares neste ano, com assistência da startup.  Para Leandro Alexandre Cezar Alves, encarregado do plantio de MPB, a vantagem de adquirir o equipamento é o desempenho e também o fornecimento de peças de reposição. “Quando estamos plantando, se a nossa plantadeira quebrar, eles trazem uma reserva e colocam em campo imediatamente, além de já ter profissionais especializados para fazer os reparos necessários.”

Agricef

A Agricef foi fundada em 2005, na incubadora da Unicamp (Universidade de Campinas) com o objetivo de desenvolver soluções tecnológicas e inovadoras para a agricultura. Atualmente, está situada em Paulínia (SP), onde conta com laboratórios, equipamentos e profissionais especializados no desenvolvimento de produtos e processos que possam aprimorar e otimizar a produção agrícola, mas mantendo o espírito pioneiro das startups, elaborando grandes projetos, com agilidade e contato estreito com seus clientes.

A Agricef é startup residente do Pulse, hub de inovação da Raízen, e do AgriHub, do Sistema Famato, em Mato Grosso, e associada da Esalqtec – Incubadora Tecnológica da Esalq/USP e da Inova Unicamp.

Além de oferecer um portfólio de produtos e serviços, especializados nos setores sucroenergético, florestal e de estações experimentais, o grande diferencial da Agricef é criar soluções customizadas para seus clientes, de acordo com necessidades e demandas específicas.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO: