Fórum em Brasília confirma Macapá como sede do Norte Export em abril de 2020

Aspecto do fórum Brazil Export, em Brasília, com o lançamento do Norte Export | Fotos: Divulgação

Cleber Barbosa, de Brasília (DF)

Brasília recebeu nesta quinta-feira (06) evento Brasil Export, uma estratégia que prevê eventos regionais que irão movimentar setores portuários, de logística e multimodalidade em 2020. Já estão programados seis eventos que serão realizados em todas as regiões do país, fortalecendo o setor nas questões de infraestrutura e logística portuária. O lançamento oficial acontece contou com a participação dos representantes dos Comitês Regionais, autoridades e representantes de autoridades do setor. Da bancada parlamentar do Amapá, participaram o senador Paulo Albuquerque, o suplente de senador Josiel Alcolumbre e a deputada federal Patrícia Ferraz. Macapá foi confirmada como sede do Norte Export, dias 27 e 28 de abril, no Auditório do Sebrae-AP.

De acordo com a Secretaria Nacional de Portos, em 2019 foram assinados 36 contratos de Terminais de Uso Privado (TUPs) e a expectativa é a aceleração dos trabalhos com a entrega de cerca de R$ 14 bilhões em investimentos à sociedade brasileira – incluindo 28 novos leilões e 46 contratos de adesão – nos próximos dois anos. São números expressivos e que garantem fôlego para a atividade portuária no País. Esses números positivos para o setor estão totalmente alinhados aos objetivos do Fórum Nacional de Logística e Infraestrutura Portuária Brasil Expor, programado para os dias 19 e 20 de outubro no Royal Tulip alvorada, em Brasília, com organização da Una Marketing de Eventos.

Arco Norte

Representante do Amapá no Conselho Brazil Export, o prático Ricardo Falcão destacou a importância da inserção do Amapá nesse grande debate nacional por soluções em logística de transporte, como também a abertura de novos mercado. “Esse evento é muito importante para nós apresentarmos o nosso estado a importadores e exportadores, futuros investidores, mostrar suas potencialidades acima de tudo, pois dialogamos com o pessoal do agronegócio, que precisa exportar pelo Arco Norte, onde existe toda uma infraestrutura portuária ao longo do Rio Amazonas e a gente veio aqui confirmar a realização do Norte Export quando iremos receber todo esse pessoal lá no Amapá”, disse Falcão.

Eventos

Além do Norte Export, em Macapá, o Fórum Brasil Export conta com a participação de autoridades e especialistas do setor serão realizados em todo o país, fortalecendo o debate nas questões de infraestrutura e logística portuária. Depois do Amapá, as etapas serão o Sudeste Export (18 e 19 de maio, São Paulo), Nordeste Export (15 e 16 de junho, Recife), Centro-Oeste Export (24 e 25 de agosto, Cuiabá) e Sul Export (3 e 4 de agosto, Curitiba). E ainda haverá a viagem técnica internacional será de 19 a 25 de setembro para a Espanha, visitando os portos de Valencia e Barcelona, além do complexo logístico de Zaragoza.

O diretor-presidente da Una Marketing de Eventos, Fabrício Julião, explica o conceito dos eventos. “Com o intuito de contribuir e aprofundar os debates a respeito dos temas escolhidos, o Brasil Export organizará fóruns em todas as regiões do País em 2020. A expansão das atividades, antes realizadas uma única vez ao ano e somente em uma cidade, reflete o interesse de agentes públicos e de executivos da iniciativa privada em colaborar em prol de uma sociedade mais fértil, justa e simplificada. O caminho é longo e a missão é a longo prazo. A partir de agora a equipe da Una já está a postos na organização desses fóruns, fazendo contatos com empresas e autoridades dos setores envolvidos para tornar realidade em curto espaço de tempo as atividades previstas”, disse.

Comitês

O trabalho já começou, os coordenadores foram nomeados e estão entusiasmados para escolherem suas equipes, que em breve divulgaremos em nossas redes sociais. O consultor portuário José Roberto Sampaio Campos continua na coordenação do Comitê Orientador do Brasil Export. Os novos coordenadores regionais são Ricardo Falcão (Norte Export); Jesualdo Silva (Sul Export); Aluísio Sobreira (Nordeste Export); e Henry Robinson (Sudeste Export).

A montagem do Comitê Orientador foi um dos pontos de destaque na última edição, em Brasília. A proposta continua sendo reunir especialistas de toda a área de logística com foco no setor portuário, para definir temas e nomes dos palestrantes para os dois dias do evento. “Para nós, o importante é aproveitar esse momento de ruptura de modelos antigos com um governo mais liberal, que está abrindo para investidores interessados em atuar na atividade logística onde ele não consegue atuar com eficiência. Assumimos o desafio de buscar discussões relevantes e que tragam contribuição para o setor portuário, avançando em soluções e propostas”, diz José Roberto Campos.

Além do coordenador José Roberto Sampaio Campos e do idealizador e realizador do Santos Export, Fabrício Julião, integram o Comitê Orientador do Brasil Export: Aluisio de Souza Sobreira, Angelino Caputo, Cesar Meireles, Claudio Loureiro de Souza, Elias Francisco da Silva Junior, Flávio Benatti, Henry Robinson, Jesualdo Conceição, João Almeida, Murilo Corrêa Barbosa, Ricardo Arten, Ricardo Falcão, Ricardo Molitzas, Rui Juarez Klein e Sergio Aquino.

 
 
 
 
DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO: